Recordes de temperatura no Brasil e no mundo

Por Portal iG (Yuri Ikeda)

compartilhe

Tamanho do texto

Bom Jesus, no Piauí, registrou 44,7ºC em 2005

Isabel Kassow
Cariocas jogam futebol na praia

“A previsão do tempo para Alaziziyah é de céu claro, com máxima de de 58ºC”. Já imaginou viver em um lugar onde os termômetros chegassem a essa temperatura? Pois se você achava que já viveu o maior calor do mundo, saiba que em 15 de setembro de 1922 a Organização Mundial de registrou exatos 58 graus na região norte da Líbia. Já no Brasil, a maior temperatura foi na cidade de Bom Jesus, localizada no estado do Piauí, em 21 de novembro de 2005, quando foram registrados 44,7ºC. Com o percentual de umidade a 35% na região, a sensação térmica neste dia ficou em torno de 54ºC. Um forninho!

A década de 1990 teve as maiores temperaturas registradas do planeta terra desde o período de 1860. O ano mais quente foi de 1998, com aquecimento de 0,58ºC. Os 7 anos mais quentes da Terra correram na década de 1990 são 2002, 1998, 1997, 1995, 1990, 1999 e 1994. Segundo o metereologista do Inmet (Instituto de Meteorologia) Francisco de Assis Diniz, “algumas análise de indicadores climáticos dos últimos 400 anos mostram que os anos da década de 1990 foram os mais quentes do milênio, e que o século XX foi o mais quente. O ano mais quente do milênio foi 1998 e o mais frio, provavelmente foi 1601”, conta.

Enquanto a Líbia lidera o pódium de maior temperatura, o frio de Vostok, na Antártida, fica em primeiro quando o assunto é a menor temperatura já registrada: 88,5ºC negativos em 24 de Agosto de 1960. No Brasil, quem lidera a lista de local mais gelado é Xanxerê, em Santa Catarina. Lá, os termômetros registraram -11,1ºC em 20 de julho de 1953. Nada mal pra quem curte um friozinho, hein?

Leia tudo sobre: Especial Verãokawaka

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas